10.03.2012

O cinto não aperta mais!

O Governo vai eliminar três escalões no IRS, fazendo com que passem a existir apenas cinco intervalos de rendimento. Perante esta reorganização e a consequente alteração das taxas, as famílias devem preparar-se para uma forte subida do imposto a pagar em 2013. Jornal Noticias

E, aos poucos, os portugueses mergulham num mar de desespero, de angústia e de miséria.

Muitos de vocês perguntar-se-ão porque razão estou preocupada com um país no qual não vivo mas, a verdade é que me preocupo e muito. Enquanto vejo a destruição lenta de um país que adoro, vejo também a destruição de famílias, o aumento do desemprego que já há algum tempo atingiu a minha própria familia. Temo pelo  futuro dos mais pequeninos, da minha filha. Ao mesmo tempo, vejo o meu desejo de voltar a Portugal cada vez mais distante e impossível de realizar. O meu desejo de crescer profissionalmente junto dos que amo está a tornar-se numa miragem.

É impossível não me preocupa com tais noticias. É impossível ficar indiferente a mais uma manobra onde os pequenos alimentarão, novamente, os luxos dos grandes.


Depois leio comentários como "Nao posso deixar de rir quando vejo o meu ex-pais na miseria haha" e vejo que afinal há quem goste de ver os outros na miséria, a passar fome e frio, a tentar curar doenças sem medicamentos, a colocar fim á vida com tanto desespero. É triste.

8 comentários:

  1. Quem faz comentários desses,só pode ter um atraso mental.....enfim.Também estou preocupada,mas eu estou por cá...

    ResponderEliminar
  2. Cara Silvana, fico feliz que haja ainda pessoas fora do nosso país preocupadas com ele, como tu. A ideia que muitos passam depois de emigrar é mesmo essa, ah e tal lá fora estamos bem, aqui é só para as férias e mais nada.
    Para pessoas que como tu que sonham em voltar, de facto, o cenário não é nem pouco mais ou menos o melhor... quando nós cá o que pensamos é sair...

    ResponderEliminar
  3. Muitos que se foram embora nos últimos tempos querem voltar e como tu é normal preocuparem-se porque talvez tenham de voltar mais tarde do que queriam ou esperavam.
    E pessoas que fazem comentários como os que reproduziste são sem dúvida ex-portugueses e da minha parte não são bem-vindos cá. Talvez um dia toque a eles no país onde estão e tenham de voltar para cá.

    ResponderEliminar
  4. Realmente que comentário triste esse... eu sou uma das que já não vive em Portugal e sinceramente não tenho intenções de voltar tão cedo. Adoro o sítio onde vivo e não faz parte dos meus planos voltar, mas entristece-me o estado a que o nosso país chegou! Fico muito preocupada com a minha família e os meus amigos que lá vivem e acho que o nosso governo não olha a meios e não se importa com o estado precário com que muita gente vive ou viverá! Sinceramente não sei onde isto irá parar... :(

    ResponderEliminar
  5. Não entendo como há pessoas que ficam felizes com a desgraça de outrss :((

    ResponderEliminar
  6. QUEm faz comentarios desses so pode ser ignorante e estupido! Quem e que no seu perfeito juizo se ri com o mal dos outros?

    Maggie

    ResponderEliminar

Obrigada pela partilha!